A conexão mente-corpo

Há um século a psicologia ajuda as pessoas a modificar seus pensamentos, sentimentos, comportamento e desempenho através de uma série de teorias sobre a mente. Naquela época — e por décadas depois — muito pouco se sabia sobre o cérebro, portanto, a psicologia focava no diagnóstico de desordens e tentava mudar a mente das pessoas através da fala.

Mais recentemente, tem havido crescente reconhecimento de que a mente e o corpo não são duas entidades separadas. A mente é nossa experiência interna da forma como nosso cérebro processa as informações. A partir do behaviorismo, novas técnicas centraram-se no cérebro, mas a psicologia permanece, muitas vezes, aterrada em seu conceito de transtornos mentais e realização de diagnósticos.

Mais de uma década de pesquisa tornou mais evidente que nossos pensamentos, sentimentos, comportamentos e desempenho são consequências naturais de padrões estáveis de ativação em nossos cérebros. Estes padrões podem ser mudados, alterando os hábitos do “cérebro” de maneira a se tornar tão permanente como foram nossos “problemas”. E para muitos de nós, isso pode ser feito sem diagnósticos e sem medicamentos.

Home Page Proxima